quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Fantasma triste...

Nunca imaginar passar por algo assim.. não tão forte, não tão intenso... E quando vê...está ali... escorrendo das mãos e tudo o que você tem é desespero e tristeza sem fim... Os dias que antes eram flashes de tão rápidos... hoje se arrastam como um relógio sem ponteiros... 

De um lado a incerteza e angústia... a esperança em dias de chuva que vai ficando cada vez mais minguada... lágrimas que parecem que não vão parar de cair.. Todas as coisas lá fora perderam sua importância.. o inferno é logo ali a um passo de distância... O cotidiano não tem mais graça, a rotina se divide entre forma de distração e fardo a carregar... 
Quando penso que o sono vai me fazer fugir.. o sonho me trás tudo de volta... Quando penso que é só um sonho... acordo e o aperto ainda está ali...real... esmagando o peito... 

Como compreender que alguém simplesmente decide que não quer mais dar importância a um sentimento tão forte? Pois é visível que ainda existe do outro lado...

Hoje sou considerado um estranho.. será que sou mesmo? Será que me perdi de mim? 

Não sei se o tempo vai me trazer de volta o que eu tanto quero ou simplesmente vai fazer eu me curar... Eu fiz coisas inimagináveis que por enquanto não surtem efeitos favoráveis nem lá, nem aqui...

Meu coração está cheio, pegando fogo... me queimando 24 horas por dia... 

Eu insisto tanto e isso parece ser um erro enorme... 

Parece que estou fora de mim... sem alma vagando por aí...

Sou apenas um fantasma triste...  sem data prevista pra sorrir... RR

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Sonho Ruim...


Preciso me distrair
Deixar o tempo passar
Parar um pouco de pensar
No que tá longe e não quer voltar

Preciso deixar passar
Um dia quem sabe eu acorde
E perceba que isso é só um sonho ruim
Olhe pro lado e possa ver você ali

Do jeito que sempre deveria ter sido

Você não podia ter saído
Minha vida agora é tão sem cor
Eu não sei mais o que faço
Pra sorrir sem esse amor

Preciso te deixar viver
Buscar sua felicidade sem mim
Mesmo te amando aqui mais do que tudo
Devo aceitar o fim

Quem sabe vamos aprender
Quem sabe você ainda possa voltar
E eu poder fazer melhor
É só você deixar... RR 

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

À espera...

Meu coração bate apertado
Estar sem você ao meu lado
E ver tudo desabar como num terremoto dentro de mim
Você consegue me ver? 
Você consegue sentir?

Assumo a culpa de todos meus erros
E minha negligência durante boa parte do caminho
Eu queria tanto poder voltar no tempo 
pra valorizar do jeito certo seu sorriso

Não era que eu não sentisse...
Eu apenas fui um tôlo de não saber demonstrar
Mas agora eu disponho todo o meu tempo
Pra valorizar do jeito certo seu sorriso

Me mata pensar que é tarde demais
E eu que nunca soube planejar
Agora traço sozinho um futuro incrível pra nós dois

Me pergunto como pude ter sido tão cego
Enquanto você tentava me fazer enxergar
Agora a mesa virou, o jogo mudou
E sou eu que sofro aqui por esse amor

Nem o brilho do sol, as estrelas do céu
Nem a noite mais bonita ou o lugar mais divertido
Nem qualquer tempo livre ou todo dinheiro do mundo
Nem todos os livros nem mesmo todas as músicas
Nem todas as coisas do universo

Poderão substituir a sua importância pra mim
Mantenho as portas, braços e coração aberto
Roendo as unhas até você admitir que não é o fim
Esperando ansiosamente voltar a te ter por perto...

Por uma vida nova e enfim mais feliz... RR

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Ciclo Astral...

No meu carro toca Nirvana
Na minha menta..vaga a dúvida
Imensidão de um coração
Vejo o vazio se aproximando
Dessa vez sem pressa de ir embora
Venho ver o pôr do sol, todo dia, mesma hora

Busco por novas possibilidades
Durmo e acordo excitado
E ninguém consegue me aliviar de mim mesmo
Quatro paredes, oito copos, dezesseis anos
Ela parece tão interessante
Eu não sei direito o que dizê-la

Rasteira da vida me brinda na esquina
Um belo dia acordei na geladeira
Não sei bem como fui parar ali
Somos pessoas diferentes em dias tristes

Corro atrás da minha auto estima
Perdi ela durante uma conversa numa noite dessas
Desde então respiro dias ofegantes
E nem nos sonhos consigo me dar bem

Ciclo astral ruim e interminável
Marco os dias na parede, me atiro pela janela
Risco linhas em folhas já rabiscadas
Meu psiquiatra tirou férias
E eu não tenho mais receitas 

Contemplo um jardim morto
Enquanto bebo qualquer coisa
Sentado num banco
Garoto esperto, até que eu era
Não sei onde ou quem me espera
Também não sinto abolutamente coisa alguma

Fases são só fases e é preciso terminá-las
Onde está o final dessa??? RR

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Manuais do Bom Comportamento...

Hoje eu quero deixar pirar minha cabeça
e ver onde vai dar
músicas e drinks e drogas espalhadas pela casa
e uma nova perspectiva furada 
Um novo caminho de uma conhecida estrada
Em suas curvas eu vou ultrapassar

Hoje vou deixar que tudo seja feito pra conquistar você
e ver onde vai dar
seus sons e suas conversas e seu jeito desinibido pela casa
Na nossa falta de sono
Energia traduzida em sintonia
Em suas curvas eu vou me jogar

Numa madrugada sem fim
Somos dois perdidos
Afogados em nossos egos reprimidos
Completamos nossas faltas
Enquanto nossos corpos se encaixam
só por hoje

Mares de ilusões que não nos levam mais além
Não queremos nada demais
Apenas decidir por onde andar
Sem que ninguém nos diga nada
Como deve ser, com quem tem que andar
Rasgamos os manuais do bom comportamento

Sombras na parede repetem nosso movimento
No vai e vem te vejo sorrir
Você em cima de mim
Copo quebrado no chão
Não somos feitos de delicadezas
Hoje você não é minha princesa
Te trato com a brutalidade que tua pele implora
Enquanto aperto forte teu quadril
Acaricio teus seios com força
Te vejo dizendo que pouco importa a hora
E ouço tua boca sussurrar no meu ouvido

Querida, aguenta essa loucura?
Querida tá tudo sem sentido
Que eu só sei que quero mais e mais
Até que nossa energia se esgote...

Nessa madrugada sem fim
Estamos entendidos
Desarrumados em nossos jeitos esquisitos
Encaixamos nossas palmas
Enquanto nossos corpos se completam
Só por hoje...

Só por hoje... RR

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Todo Meu Presente...

Eu costumava ser só um cara
que nunca passava da linha
Não gostava de incomodar
Até que cheguei no meu limite

Esse mundo parece ser tão estranho
Voltas e voltas para o mesmo lugar
mentes vivendo em subsolo de tão pequenas
picuinhas, eu já estou de saco cheio

Eu vou seguir de vez outro caminho

Eu.. já chorei demais
Eu.. já morri demais
Eu agora vou viver todo meu presente
Adeus para tudo que passou
O ontem finalmente se foi

As pessoas são um casulo
Solte o gás lacrimogêneo
Hoje é dia de confusão
Eu crio minhas próprias brigas
Eu não me importo mais

São só mudanças
São só verdades
Você é só você ou algum tipo de farsa?

Pague pelo céu prometido enquanto respira num inferno
E vou pegar minhas coisas e sair daqui
Tempestades vem e vão
Eu não sou mais o mesmo
Meu tempo na sala de espera acabou
Depois que a última lágrima evaporou

Adeus mentes pequenas
Adeus pessoas esquisitas
Adeus mesquinhos de merda
Adeus pequeno mundo perfeito
Só na sua cabeça

Eu... já chorei demais
Eu... já morri demais
Eu agora vou viver todo meu presente...
Eu (ooohhh Euuu...)
(Ooohhh Eeeuu)

Eu.. já chorei demais, morri demais

Eu... (ohhh euu...)
(oohhh Eeeuu)   RR

terça-feira, 11 de julho de 2017

A Falta...

Olhos fechados no escuro
Imaginando o que não sei bem o que é
O ar faltou outro dia
E não tinha ninguém por aqui
Uma hora ou outra aconteceria de novo
Chegava de mansinho e eu não percebia
Era apenas a falta que você fazia


Eu quis não acreditar
Que eu estava mesmo caindo nisso 
Era tão vazio que me deixava lotado
De uma vontade raivosa de encontrar a paz
Que me fez te vigiar noites e noites sem piscar
Até o momento em que tudo que queria
Era não sentir a falta que você fazia

Depois que passa o pavor
Depois que cessa o rancor
por onde estaríamos agora
Quem é que tem as respostas
Era cego quando tudo que podia enxergar
Como estava fora de mim quando não sabia
A imensa dor da falta que você fazia


E não pude respirar por longos dias
Achado ainda vivo, jogado num canto
Como um copo pela metade esquecido na mesa
Nuvens choravam em mim por inteiro
Meu olhar que um dia te encantou
Hoje olha pro pouco que ainda tinha
Que era apenas a falta que você fazia... RR

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Onde Você Esteve Essa Noite...

Reunião noturna
Praia calma, luz da lua
Amigos de verdade
Fuga da realidade
Como um golpe na nuca
Galera maluca
Fogueira, garotas
Risos e drogas
Álcool e sexo
O tempo não anota
Eu adoro essa troca

Fábulas erradas
Verdades enganadas
Dança no escuro
Como eu saio desse mundo?
Sóbrios amanhã
Alguém me conta o que houve!
Tudo só acaba
Onde você esteve essa noite

Palco imaginado
Ninguém do meu lado
Quando, de repente
Tô dentro de você
Começou com um abraço
Você agora está de quatro
Estrela cadente!
Sai da minha frente
Hoje somos culpados
Amanhã inocentes... yeaah!!!! RR

*** X/X/MMVIII

sábado, 1 de julho de 2017

Orgasmos...

No bares, na noite ou onde estou
Ela insiste em me provocar
conversa sobre religião
Cospe no copo que serviu
Eu estou tentando entender

Porque eu estou tão encantado
Com essa garota tão fora de si

Brincando de querer ser tentação
Andando com seu corpo lindo a provocar
Eu não espero mais nada de amanhã
Eu só preciso ter você toda essa noite

Eu não sei porque eu te quero tanto
Você não se parece nada comigo

Eu te quero
Eu te quero
Eu te quero
Eu te quero
Eu te quero
Eu te quero
Eu te quero

Vivendo de um jeito que eu não sei
Quando estou com você, quero dançar
Gotas de sorvete espalhadas pelo peito
Nem é verão e eu com tanto calor assim


Deixe eu te chamar para sair
Eu canto as músicas que tu quer ouvir
Pegamos o carro e sumimos daqui
Eu só quero que você tenha orgasmos essa noite

Eu preciso.... mesmo disso.. RR

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Poema na Encruzilhada.. No meio da noite.. No meio do nada...


Assim mesmo....
Impulsivo 
Madrugada
Drinks
Sexo
Poemas
Sentimento 
Obsessão 
Tonturas
Insônia 
Estradas
Sombras
Céu e inferno 
Imprevisível 
Loucura
Verdades 
Liberdade 
Saudade
Fantasia e realidade 
Chuva de verão em pleno inverno 
Confessionários
Cruz
Dirigir sem as mãos
Inspiração 
encruzilhada 
Velas acesas
Belas princesas
Noite a dentro
Espírito leve

Com amor... RR

domingo, 21 de maio de 2017

Assalto...

Algo em minhas vistas essa noite
Deixo as idéias tocarem minha mente
como se fosse um piano
Tem luz demais aqui

Tratei todas as coisas como se fosse da melhor maneira
Mas meu coração é sujo e causa dor
E eu não consigo mais controlá-lo

Por onde eu ando
O que eu faço
O que digo
E como sou

Não ha mais volta pra mim

No escuro me escondo todas as madrugadas
Sangue na calçada
Estranhos à procura de almas vulneráveis

Sou pouco inocente num universo nada comovente
Faço parte disso tanto quanto os piores "eles"
Vago por aí tão à vulso quanto os melhores vilões

Algo em minha vida essa noite
Canto minhas canções de passado e presente
As toco em meu piano
Tá escuro demais aqui

Tomei todas as coisas como se fossem meu último gole
Mas minha versão de amor é suja e cauda dor
E eu não consigo mais amá-la

Não há mais volta pra mim

Não tenho noites de sono
Não sei mais como respirar fundo
Eu era todo ouvidos quando não podia mais falar
Não posso mais segurar
Não consigo parar

É hora de ir

O desconhecido chama e eu anseio por mais
É noite de guerra, é lua sem paz
Eu não posso mais esperar
Que o mar agitado volte a ser calmo

Só preciso acordar
Desse pesadelo que eu mesmo criei...

Sentado no sofá por horas e horas e horas
Percebo que é a última pílula do frasco
As intenções sempre foram boas
Mas minha alma teima em ser má

Eu recusei por tanto tempo
eu senti o gosto por um breve momento
Daquilo que chamavam de felicidade aleatória
Era como se fosse um orgasmo

Me dê um instante...
Preciso ir lá fora
Tem gente demais aqui
Eu não consigo ver direito

_Me dá seu telefone e tudo o que tiver aí meu irmão!
  Rápido, anda!!!!!!
_Não sem lutar, otário!!!
_ Tu não tá entendo não? Isso é um assalto porra!
_ Vai te foder!!!!

Um passo pra trás
Um breve vulto atrás de mim

Um tiro

Um fim... RR

sábado, 13 de maio de 2017

Sol, Lua, Mar e Tesão...

Razões cegas, sempre tão certas
Nossos desejos de um dia alcançar aquela nuvem
O silêncio que não nos incomodava
As risadas que você dava

Sua coragem e a intensa loucura
Minhas viagens e seus olhos brilhantes
A todas as pessoas que a gente incomodava
Os lugares malucos que a gente ficava

A estrada e as curvas 
o cansaço inevitável
Sua boca na minha
Seu lado preferido pra dar a mão
Eu ouvindo bater seu coração
Na sala enquanto dormia
minhas intenções que você sempre sabia

Na ponte, na igreja, no campo, em cima de um túmulo
Sua voz, dedos, nuca, pernas e quadril
Os pontos mais fracos e aqueles mais estranhamente sensíveis
A espera instigante pra te ter
Um caderno inteiro de poesias feitas só pra você

Minha maior inspiração
O mais incrivel verão
Sonhos sonhados, desenhados, realizados
A dose perfeita da bebida mais forte
Eu cantando 'cazuza' no bar cheio de gente
Seu vestido vermelho, roxo, preto
Minha tentação
Sol, lua, mar e tesão...

Tudo que é nosso e sempre será... RR

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Hipnose com Demônios...

Me deparo comigo mesmo numa madrugada dessas
acompanhado de antigas flechas pontiagudas
Respiro ao som de músicas que eu não ouvia ha algum tempo
Sinto o gosto do vinho tinto e de batatas fritas 
Relembro histórias que eu já vivi há muito tempo

Brinco de hipnose com meus demônios
E converso com eles sobre passado e futuro
Faço planos de levá-los para passear 
Em cidades que já estivemos

Tenho medo deles
Mas ao mesmo tempo... 
Uma vontade estranha de estar frente a frente
Sou eu na mente deles ou eles na minha mente?

Meus heróis foram mortos em fogo
Minha realidade abalada
Planos não dão certo e eu os detesto
Então por que ainda os faço?

Na dúvida do que realmente importa ou não 
Pra onde iremos amanhã? 
Essa estranha vontade de beber mais do mesmo veneno
esperando que haja um tipo inédito de sensação

Essa saudade da vontade tão intensa
que um dia se sentiu
E quem ainda sabe fazer sorrir
quem odiou por algum tempo
Essa distância tão imensa
medida em tempo
Viva em pensamento
Será que é tudo sentimento?

Hoje não sou movimento
Sou apenas eu e meus demônios
Jogando jogos de adivinhação
Deixe sangrar um coração
Que não se acostumou a viver em paz

Entre mortos e feridos
Salvos e bem-vindos
Aqueles gritos e gemidos

Talvez sejamos melhores que nós mesmos da próxima vez... RR




terça-feira, 2 de maio de 2017

Erro Imbecil ou Acerto Genial???

Desde a primeira vez
Pernas encantadoras no ponto de ônibus
Aquele corpo de cara me atraiu
Sonho longínquo, quase que não vi

Beijos no rosto, número de telefone, contato
Carona para praia pra ela e as amigas
Tesão...
Acelerado coração

Assuntos de festas, de drinks, 
ela em silêncio
Eu inquieto

Mais tarde, naquela noite, já madrugada
Telefone na minha frente
Não resisto... 

_Oi... Como vai?
_oi.. bem..
_Vamos sair.. 
_Mas agora? Está tarde!
_Nunca é tarde... vamos!!!

Não dá certo..

E por vezes depois não encontro a sintonia...

Mas está na minha mente
E parece acampar ali
Sem rumo
Sem limites na minha cabeça

Sonho com aqueles lábios desde então
dia primeiro de um ano muito louco
O que preciso fazer para tê-la, afinal?

Certa noite.. carnaval, ela incrivelmente linda
Saindo da festa... 

_Vamos pra minha casa agora!!!!!!!!!!
_Bah.. agora não... haha.. quem sabe um dia...!!!!

"Quem sabe um dia"
Será mesmo?

Passa-se meses e lá estou eu em outra madrugada
Driblando o tédio na minha sala num domingo qualquer
Eu tenho que dar um jeito de conseguir essa mulher!!!!

Atitude desmedida, desesperada
Como um bêbado em cima de uma ponte
Pronto pra cair pra qualquer um dos lados

_Fique comigo... se quiser... sei lá.. eu te pago pra ser minha namorada!!!!

Pra quê fui fazer isso!

_Você tá maluco!!! Seu Idiota!!!!!!!!!

Me bloqueou!!!

_Não.. não.. nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaoooo.....
   Volta... vamos ser amigos!!!
   Desculpa...não foi isso que eu quis dizer? (foi o quê então, animal?!)
   Me perdoa... fala comigo!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nada.. silêncio.. durante dias, semanas, meses...

Luzes se apagando... e dela eu ia me esquecendo.. 
Depois de me culpar em noites sem dormir
Como pude ser tão imbecil????

E depois desse tempo,,, 
quando o céu de estrelas parecia incrível à beira-mar
E eu estava ali sozinho a contemplar...
Vou dormir bem depois de fazer pedidos secretos à lua cheia

No outro dia..me deparo com uma mensagem no celular...

"_Oi... quero saber mais sobre aquela proposta..."

E agora... Será???? RR

(continua...????)

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Fetiches Pra Eu e Você...

Se tu souber
que desde agora vejo cores vibrantes
E que todas as coisas que aprendi
Só serviram pra me fazer morrer

E se tu disser
que só agora você sabe qual instante
que todas as coisas que te falei
Só serviram pra te fazer correr

Fetiches pra eu e você
Deixando acontecer...

Perdi teus olhos numa noite que não pude resistir
Vi você e me curei 
Estava atirado mas eu levantei

Ouvi teus lábios antes de você pensar em decidir
Vi você, me apaixonei
Estava tão drinkiado que eu nem notei

E se tu quiser
que mesmo agora eu te cante poesia nos ouvidos
E todas as coisas que você pensa que viu
Foram só fantasias da sua tv

E tudo aquilo que nós passamos
Só serviram pra nos fazer morrer
E tudo aquilo que evitamos
Só serviram pra te fazer correr

Deixa eu gritar aos quatro ventos
Deixa eu cantar só pra você
Deixa eu dormir aqui essa noite

Fetiches pra eu e você
Deixando acontecer... RR

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Pouco Claro...


Ela não sabe que eu ainda penso nisso
e se todos esses dias longe ainda não me afastaram
E mesmo quando estive por baixo, você nunca viu

Entretanto a chuva trás de volta a sensação que eu nunca esqueci
E no mais eu não sei se você está bem ou mal
Largada, perdida,  como daquela vez
E no mais eu não sei se você está feliz

Quanto mais eu fugi, mais eu lembrei todas as noites
Quanto mais eu tentei, na verdade apenas me escondi
Mas acontece que não da pra correr daquilo que vive aqui

Eu andei por tantos outros caminhos divertidos
Mas guardo uma certeza de que um desses tantos
ainda devem me levar de novo até nós dois

Só que no mais eu não sei se você está bem ou mal
Só que no mais eu não sei se você está bem ou não
Só que no mais eu não sei  se você deve estar feliz...  RR

quarta-feira, 29 de março de 2017

Intuição...

Siga a sua intuição
E não deixe de pensar
duas vezes pra não arriscar

Mas se por ventura lhe ocorrer
Que o certo é fazer
Aquilo que você mais quer

Então você deve dizer sim

De tantas ocasiões legais
De tantas pessoas desleais
Pra outra vez você saber que não

Se você pudesse ter
dias a mais para errar
E depois saber que poderia voltar 

Mas quem sabe
Mesmo de longe
você pudesse me dizer

E você vem
E talvez pudesse até me amar
Quem sabe eu devesse te vaiar
Talvez assim você ganhe coragem

E quem sabe
Mesmo tão longe
Você pudesse entender

E você vem
E talvez pudesse até me amar
Quem sabe eu devesse te vaiar
Pra ver se assim você ganhe coragem

E siga um pouco o seu coração
E não deixe de pensar
Em talvez não arriscar... RR

quarta-feira, 1 de março de 2017

"Laggies" ...


Sabe quando você está fazendo qualquer coisa e a tv tá ligada num canal aleatório e então começa um filme qualquer e você começa a vê-lo e aí vai se empolgando e quando vê, largou tudo o que fazia enquanto acompanha atentamente o desenrolar da história? Pois bem, assim que assisti ao filme "LAGGIES", ou,  em português, "Encalhados"...  um filme de 2014...



 que conta... a história de Megan, uma jovem de 28 anos que vive com o namorado de adolescência, que trabalha como secretária na empresa do pai desde que terminou o liceu há dez anos atrás e que subitamente se vê confrontada com a necessidade de dar outro rumo à sua vida, não estando preparada para o fazer.

O momento chega quando o namorado pede-a em casamento e Megan entra em pânico, mergulhando numa crise existencial. Para Megan, este pedido personifica a entrada, real e concreta, na vida adulta e apercebe-se de que tem vivido estes anos numa espécie de eterna adolescência, sem preocupações nem ambições.
Para colocar as ideias em ordem e encontrar equilíbrio, Megan resolve "fugir" da sua rotina  - e é nesta altura que conhece Annika, uma adolescente de 16 anos que vive com o pai e de quem se torna amiga. Annika dá "abrigo" à sua nova amiga e Megan vai viver uns dias com ela e com Sam, o pai de Annika. A partir, começam as peripécias, pois ao acompanhar Annika e os amigos, Megan vive de novo a adolescência.
Encalhados é um filme sobre o crescimento interior que todos temos de fazer e sobre as formas que cada um encontra para ir lidando com aquilo que a vida nos proporciona.

 

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Sua Convidada...

Eu não quero saber seu nome
E eu poderia muito bem ser seu príncipe encantado 
Mas acontece que eu só quero que você abuse hoje
Acho que seu humor foi abalado
Abra seus braços e me puxe para o lado
Eu quero me mexer mais e mais e mais... 

Eu... não posso conviver com isso
E eu poderia muito bem arrancar seu coração
Mas acontece que eu só quero que você abuse hoje
Acho que sua garganta está sedenta
Abra suas pernas e me puxe para dentro
Eu quero me mexer mais e mais e mais...

E essa luminosidade
Você é como um giz pela metade
Você está escondendo o jogo, querida
Eu sei que você gosta do mesmo que eu
Chame sua convidada
Não se importe comigo
Eu não vou entrar em cena antes da hora

Eu só quero girar, girar, girar, girar
Como um disco em sua mente...

Eu tenho os olhos fixos em você
Desde a primeira vez
Eu acho que me apaixonei, baby

Eu estive por muito tempo estudando como chegar até você
Eu não quero ser seu amigo nessa noite
Eu apenas quero que você seja você mesma
Porque eu já tenho o meu próprio jeito, querida
E nós podemos facilmente lidar com isso

Chame sua convidada
Não se importe comigo
Eu não vou entrar em cena antes da hora

Você me faz girar, girar, girar, girar
como um disco em minha mente...

Eu (eu, eu, eu) só quero te experimentar 
Não finja surpresa ao me ver agir
Eu sei que isso não é novidade

Eu (eu, eu, eu) tenho algumas coisas pra te dar
Não resista nem pense em fugir
Eu sei que isso não é novidade

Chame sua convidada
Não se importe comigo
Eu não vou entrar e cena antes da hora

Vamos fazê-la girar, girar, girar, girar
como um disco em nossas mentes... RR


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Combinação Perfeita...

Resgate de um sentimento bom
Você me trouxe de volta
Aquilo que eu já não sabia mais como era

E sei.. que a vida real é complicada
E que estamos em distância na nossa rotina
Portanto cada segundo precisa ser bem aproveitado
Se tornando simplesmente inesquecível

Não tem preço ver o seu sorriso
Gosto do seu jeito de se expressar
E de como parece estar melhor agora

É demais quando estamos juntos
Quero seus drinks e sua atenção
Durmo na sua cama cheia de gatos
E acordo com mais vontade de você

Você que é insensível
Se permitiu ficar boba por um dia
Deve ter gostado da sensação

Te pego no trabalho, me leve para qualquer lugar
Deixa que eu faço tudo ficar mais divertido
Me dê suas mãos, vamos cantar, dançar, se beijar
Tá escuro e eu posso ver seu olho brilhar

Vai sorrir quando, no outro dia, perguntarem por mim
E vai pensar pra si mesma.. "Que pena ele não estar aqui"
É engraçado como as coisas acontecem
Tudo o que realmente importa se leva com a gente
Deve ser por isso que nunca te tirei do peito

Não temos garantias nem amanhã
Sentimos alegria, e isso nos basta...
Brindar nosso encontro toda vez que acontecer
Combinação perfeita... somos eu e você...RR  

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Overdose...

Todo mundo andando em círculos
fazendo as mesmas coisas
E você aí parado
Perdido em meio às cores desse parque
Chapado em meio às flores do jardim
Você precisa sair disso, cara

Na noite a dentro...
Carros vão e vêm
Eu não quero enxergar
apenas quero chegar
Tem uma vadia se movendo na esquina
Eu sei que posso convencê--la


Será só eu e você... 

Eu tenho o que você quer!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Será um prazer te conhecer...

Use suas ilusões
encontre já outro caminho
você só precisa ficar sóbrio de novo
Deixe-me ver seus braços..
Perdido em meio às cores desse parque
Chapado em meio às flores do jardim

Madrugada à dentro..

Não sou mais um homem com medo
Não preciso me olhar no espelho 
Pra saber como estou me sentindo
Você não sabe como é estar assim
Eles dizem que estou louco demais
Eles querem me internar

Eu conheço você
Bajulador de usuárias
Eu sei o que você está querendo fazer

Outra rua escura
Outro beco
Outra dose
Outro resto de esperança jogada fora

Tem duas vadias se movendo na esquina
Eu sei que posso convencê-las

Seremos só eu, você e ela
Eu possuo o que vocês querem

Será um prazer satisfazer...

Pobre garoto desperdiçando energia
Vingue-se no próximo par de peitos
Ejacule em suas línguas à espera
Luzes e vultos e vozes e sombras 
E os corpos entrando e saindo em transe
Puxões, arranhões, gritos e gemidos

Você pode encontrar outra saída
Você parece um rato num labirinto
Você precisa sair desse parque
Você precisa matar as flores do jardim

Eu não sou mais seu comandado
Outra Overdose antes do sol nascer
Eu não quero mais usar suas agulhas
Eu não preciso olhar pra sua cara de novo

Deixe ela dançar comigo enquanto tá escuro
O gosto da sua irmã é bem mais delicioso à noite
Até mais 
Foi realmente um prazer 
Tchau tchau
Foi um prazer, mas não posso continuar
O sol vai nascer,  eu preciso me retirar
Não sobrevivo à outro dia
Mas renasço toda noite

Morri dentro dela ontem
Não sei onde estou agora!!!! 
Talvez eu me saia melhor na próxima vez... RR

domingo, 22 de janeiro de 2017

Filme de Domingo - (Teenage Cocktail)

Domingo em que as escolhas foram ficar em casa de boa e recarregar as energias para a próxima semana... 



E eu, que há tempos não postava nada sobre filmes por aqui, resolvi assistir a um filme americano de 2016 chamado "Teenage Cocktail" ... Classificado como drama... me atraiu pelo contexto das duas ninfetinhas se pegando... mas não aparece nenhuma cena pornográfica.. Enfim, gostei do filme... daria uma nota 7 ... (Eu não sou muito crítico)..



As duas meninas se conhecem, logo tem afinidades e se envolvem... Jules ganha dinheiro se insinuando na webcan e logo Annie começa a fazer o mesmo.. com o plano até então distante de fugir para Nova York..  mas que se torna urgente quando são descobertas pelos colegas de escola e pelo diretor... seria questão de tempo até chegar às famílias.. Então elas decidem sair da web e encontrarem-se pessoalmente para ganhar dinheiro suficiente para fugir... mas aí elas cometem um erro fatal.. 


video


sábado, 21 de janeiro de 2017

Extinção dos Autênticos...

Ouço as vozes.. vozes que gritam
Gritam, mas não sabem falar
Falar o que eu queria ouvir

Ouço garrafas e taças, 
Ou seriam copos de cachaça
Ouço ao longe, mas parece tão perto

Acho meio incerto, todos eles lá, eu aqui

Lá dançam as meninas comportadas de dia
Mas que à noite se tornam vadias
Vejo pessoas vazias, outras tão cheias..de si
Vejo, mas não enxergo, 
Explico, mas não entendo
Também não me comprometo
Não apago minhas luzes
Mas pago minhas contas

E se alguém achar ruim
Não deveria se preocupar
Sou eu aqui a meditar
Não me importo de incomodar

Durmo na sala de estar
E quando adormeço no sofá
Não ouço mais ninguém lá fora
Fica só o som do mar
Que eu gosto tanto de escutar

Meus sonhos tão confusos
Um dia desses, um absurdo
Que não vale à pena entristecer
Das coisas que valem à pena... você..
Das que fui dispensado...me resta esquecer

Percebo tantas coisas
Observo... logo concluo
A arte de fazer o que quiser
Não depende exatamente só de você

Mas no fim tudo é percepção
Solitário, carente coração
É um outro dia que virá
Casa cheia, tempestade, tempo bom

Vozes ao longe
Seguem fazendo seu barulho
Contemplo o presente
Recebo o futuro
Com meus braços abertos
Mas meu pé um pouco atrás
Pra que esteja quase sempre pronto

Quedas inesperadas
da escada, do telhado, da ponte, do marasmo
Não me fazem ter medo de subir
Não me impedem de tentar outra vez
Deixam em meio ao mundo fútil outra lição
Ser você mesmo é o que realmente importa
Os autênticos, hoje em dia, estão em extinção... RR

Deixa...

Deixa pra lá...
Toda a negatividade
Todo esse medo do futuro
Toda insegurança 

Deixa chegar
Novas cores e amores
Doces, amargos e outros sabores
Toda esperança

Deixa o sol entrar
Na sua casa, sua vida, suas janelas
Em seus dias de nuvens
nos seus olhos de criança

Deixa nascer
De novo sua melhor fase
O sentimento que já se foi
Um novo dia, um outro amor

Deixa...
Que tudo que realmente for pra ser
Não irá embora antes da hora

Viver e aproveitar a vida
Partidas, chegadas e despedidas

Comece tudo de novo
Mesmo se tiver que ser todos os dias... RR