terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Singelo...

Te deixo meus truques
Nessa sala à meia luz
Sua energia me conduz
Pra qualquer lugar

Te deixo minhas sombras
Tão perplexas quanto a luz solar
Que preenche devagar
Todo o vazio dos seus olhares

Teu destino, nosso futuro
Tão incerto quanto bom
Canto alto em meio tom
Pra fazer você sorrir
Não vale à pena dormir
Inferno e paraíso estão no mesmo lugar
E só você pode decidir onde está

Te deixo meu gosto
Pra de mim você lembrar
Só por hoje ou pra toda vida
Serão noites nunca esquecidas
Que ainda estão por acontecer... RR

sábado, 24 de dezembro de 2016

Coisas Bacanas - Parte 2 - Noite com as "Rodriguetes"

 E era pra ser uma noite em que eu não me estenderia madrugada à dentro.. O dia seguinte era de trabalho, em plena véspera de Natal e o ideal seria eu estar bem dormido e com a mente descansada pra encarar o dia inteiro... 

Mas a noite é como um imã e eu sou um ferro vagabundo... 

Começou com o tradicional futebol da sexta-feira... (Perdemos mais uma!).. mas  time fez um churrasco bacana e ficamos nos divertindo um bom tempo no pós jogo.. Recebemos a visita das minhas amigas Camila e Jéssika... que o João Balão carinhosamente apelidou de Rodriguetes... haha E elas são minhas comparsas do universo divertido...


Bate papo, carne e cerveja pós jogo!!!





Terminadas as confraternizações no campo... os remanescentes que ainda queriam mais, foram todos para o boteco, que é onde a alegria se realiza!!!



Destaque para as vitórias do Vini Balaka, mais conhecido como "Mustela Furão",  na sinuca.. ganhou de mim e do Lica, que estava enlouquecido escolhendo músicas na máquina do bar. Dentre as séries de rap e hip hop que os clientes colocavam pra tocar.. com letras cansativas e lamentáveis... eu fui lá e botei Estranged - Guns n Roses.. claro que porque é uma das minhas músicas favoritas, mas devido às circunstâncias, principalmente por que ela tem mais de 9 minutos... e foi hilário ver a reação da maioria no bar imaginando que a música ia acabar.. e nada.. ***risos ...




Enfim, passamos grande parte da noite no bar.. até que Vini Balaka e Lica decidem ir embora... e as meninas e eu também faríamos o mesmo.. maaaaaaas... passamos pela frente do 'Doha', nos olhamos e impulsivamente decidimos que iríamos... A noite estava longe de acabar..



Fomos na minha casa, onde me arrumei rapidamente, preparei 3 drinks que só eu bebi.. e partimos para o Doha...




  Na festa tinha uma espécie de gelatina de cachaça ou algo do tipo que era incrível... E era de graça! Eu não saia da volta da bandeija. A banda que tocava era legal, não sei o nome deles..
E nos divertimos do começo ao fim da noite...Eu e as Rodriguetes que o João apelidou!!!



Fim da noite que acabou em dia!!!!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Coisas Bacanas - Parte 1 - Gastronomias ##1

Pois bem... é claro que esse blog sempre seguiu uma linha de poesia e com certeza continuará sendo assim, mas também é fato de que ele surgiu com a intenção de ser meu blog pessoal, para registrar aqui acontecimentos que forem interessantes.. ocorre que com o passar do tempo esses acontecimentos foram passando em branco por aqui e o espaço ficou praticamente todo dedicado aos textos.. Então estou resolvendo dar uma diversificada tanto no blog quanto na vida e resolvi lançar-me a um desafio pessoal... e vou postar aqui momentos simples, porém que considero interessantes do meu universo... 

E também o momento atual tem sido marcado pela minha insatisfação com redes sociais como o facebook por exemplo.. Cada vez menos eu tenho sentido vontade de compartilhar coisas por lá.. não sei explicar direito.. talvez esteja fútil demais... pessoas querendo aparecer demais... como se fosse uma competição e eu não tô afim de fazer parte disso no momento... Acho que vou preferir deixar essas coisas por aqui.. de uma forma que mesmo sendo pública, ainda é mais privada e acredito que visitada por pessoas que sentem vontade vir aqui e ver o que acontece... e não enfiada goela abaixo numa linha do tempo atrás de curtidas e comentários... 

E para começar essa nova saga... nesse fim de ano que foi um ano turbulento em sua grande parte, as coisas vão se encerrando muito bem.. Nem tudo é um mar de rosas, mas o aroma do jardim tem estado muito bom! Não há do que reclamar.

Ontem foi um domingo de calor intenso! E o dia foi bem normal... com alguns destaques, como um vindo de São Paulo... pode não ser nada... mas também pode ser alguma coisa... deixemos assim..

Então a noite desse último domingo foi marcada por pizzaria e vinho tinto... 




Essa é a "La Fragata", que eu considero a melhor pizzaria da minha cidade..


 O atendimento é tranquilo e o dono/gerente é um cara parceria que certa feita já fez uma festa comigo aqui por casa.





Essa é minha pizza doce favorita... podia comer ela a noite inteira...



Aqui temos a srta Mandy saboreando sua bebida predileta... louca pra rir antes da foto...





Depois a gente ainda arrematou uma caipira de vinho do Bar do Calota.. que é um lugar que devo explorar mais vezes dignas de postar por aqui... Essa caipira de vinho, mesmo feita com um vinho vagabundo que eu não gosto muito, fica incrivelmente deliciosa! 









E esse rapaz que vos fala, nesse momento da foto já "levemente" embriagado  alegre ... e contente pela noite legal que depois se estendeu para uma noite literalmente quente na praia. (Claro, afinal de contas, é verão né gente, e a temperatura tá alta, nada mais do que isso, seus mentes sujas!)


Boas vibes... RR


segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Vírus Sem Defeito...

Deixo nesse extremo de intenções coisas esquisitas
Sou seu castigo unânime e estou prestes a te machucar
Sou do tipo ignorante que só vai te trazer sangue quente

E protesto algo que não me importa
Eu só queria que alguém me tirasse do tédio
Pegue sua bíblia e me teste
amém.. amém.. amém.. amém... 
Morte ao inimigo, ao meu e ao seu
Acho que Deus deve ser ateu!!!!!!!!!!!!!

Sou invisível
Sou um inseto
Sou insensível
Sou só um grão de areia
Perdido numa praia
Sou uma válvula entupida
Que faz seu coração bater errado
Sou aquele seu outro lado
Sou a corda em seu pescoço enforcado

Sou seu passatempo predileto
Fale agora meu dialeto
E venha comigo curtir o fogo
Eu estou desesperado
Mas nem tudo é o que parece
Quer a salvação? Faça sua prece!!!!

E proteste algo que não importa
Eu já sabia que  você me tiraria desse tédio
Eu sou um vírus sem defeito, sou peste
amém.. amém.. amém.. amém...
Viva ao inimigo, ao meu e ao seu
Acho que Deus deve ser ateu!!!!!!!!!!!!!!! RR

sábado, 26 de novembro de 2016

Minha Garota Perdida...

Hoje estive pensando em você
garota durona da cidade pequena
Você que sempre se achou tão segura
E onde estava aquilo que você queria
Era do amor que você se escondia

Minha, minha garota perdida 
Que não acreditava em pílulas para dormir
Gostava de whisky com limão
Quando saía à noite para dançar

Lembrei de como me encantei ao te ver
Do nosso primeiro beijo ao amanhecer
Depois de virarmos a madrugada numa motocicleta velha
E girarmos o mundo atrás de novidades insanas

Falamos sobre tudo aquilo que sonhávamos
E de um pouco sobre o que a gente não gostava
E como as mentes das pessoas funcionavam esquisitas

Do seu desejo de virar hippie e sair por aí
E como tudo acontecia como deve ser
Haviam medos que você não conseguia vencer
Tudo o que precisávamos estava reunido ali

Hoje estive pensando no porque
Você se tornou tão triste hoje em dia
Você que sempre se achou tão segura
E no fim eu me tornei tudo que você queria
E, por culpa minha, amarga você se tornou

Minha, minha garota perdida...
Que desde então nunca mais se achou
Minha, minha garota perdida
Fui eu que te deixei assim... RR

sábado, 29 de outubro de 2016

Prazer Mortal em Alta Velocidade...

Porque o azul dos seus olhos me queima?
Eu não entendo o efeito do seu toque
você me ama quando estamos em alta velocidade
sua boca sentindo meu prazer na curva da estrada
eu gozo a 100 por hora enquanto você sorri lambuzada

Carros vêm e vão
Me dê sua mão
Eu queria quebrar seu coração
Mas eu não consigo me desfazer 
do desejo de te ter mais e mais

Rótulas e curvas... eu quero acelerar

Você tem gosto de novidade insana
Eu acelero enquanto você me chama
Fala bobagens no meu ouvido
Eu amo ouvir o seu gemido

Precipícios logo a frente
Seu beijo quente novamente
Seu vestido curto
seus lábios são um convite
Eu não posso recusar

Agora estou a 120 e você não para de me provocar
Minha sede de você me faz querer te beber inteira
Eu queria quebrar seu coração
Mas você me envolve em tentação
Seu cheiro doce
Eu não posso evitar

Você poderia fechar seus olhos por um instante
Por que o azul dos seus olhos segue me queimando
Você me ama quando estou fora de mim 
Sua boca sentindo meu prazer, as luzes da estrada
Você goza a 140 por hora enquanto eu te sinto molhada

Já não tem mais carros na estrada
Somos só nós na madrugada de verão
Eu queria quebrar seu coração
Mas eu não consigo me desfazer

Você me faz acelerar
Eu não consigo mais controlar
Estamos a 160 em linha reta
Você segura forte minha mão
Depois sente novamente meu tesão
Você não tem limites

_Deixa eu sentar em você! - sussura pra mim...

Eu sou só êxtase e desejo pulsante 
Meu coração é uma bomba relógio
Você vêm...
Eu não enxergo mais nada
Movimentos fortes
Puxo seus cabelos
Quase perco o controle do volante
Você é uma maníaca e eu um maluco

Sinto sua respiração ofegante
olha pra trás por um instante
Já não sei a que velocidade estamos
_Não pára...!!! Ela grita...
Seu seio na minha boca, eu inteiro dentro dela
Vejo o brilho distante da lua pela janela
Somos suor, libido, arrepio..

Prazer mortal em alta velocidade...

Não sinto mais a estrada...
Precipícios a nossa frente
Eu queria quebrar seu coração
Mas errei a direção
Estamos caindo... caindo.. caindo...
Vemos o carro pegando fogo... 
Não vai demorar muito até explodir de vez
O azul dos seus olhos me encara pela última vez

E tudo que ela diz é...

_Continua... não pára, não pára, não... RR

sábado, 15 de outubro de 2016

Psicodelia Vermelha...


Nós temos em comum
O gosto pela escuridão
O tiro no escuro
um estranho
O Brilho, o êxtase
De joelhos

Você é muito obscena, garota!

Deixe eu ouvir
Seus gemidos no quarto
O nosso céu ensanguentado
Fiz umas más escolhas
e agora você está aqui
De joelhos

Você é muito sexy, garota!

Vista seu melhor vestido
Eu quero você à vontade
Senhoras e senhores
O show vai começar

Psicodelia vermelha
olhos abertos
óculos escuros
Seu coração bate rápido
O toque, o beijo
Suas coxas, seus seios
A tatuagem nas costas
Minha língua 
Seu veneno
No meio das pernas
Sua dança
Minha total excitação

Você é uma vadia, garota!

Não vá embora 
Você é muito obscena
Não vá embora
Você é muito sexy
Não vá embora
Você é uma vadia!!!! RR

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

"Que Hoje Não Seja a Minha Vez!!!"

2h15min  .. madrugada de primavera..


Mais cedo estive na beira da praia, sentado em frente ao mar, ouvindo seus sons, concentrado nas suas ondas e no escuro da noite.. tentei limpar a mente por um tempo, deixá-la em branco, inerte, calma. Respirar fundo e devagar, sentir o ar entrar. Demorou um pouco até que eu conseguisse..


As coisas acontecem cada vez mais rápido e isso não é novidade pra ninguém. Resta saber lidar com a velocidade dos dias. Com as mudanças num piscar de olhos. Mais cedo também tive a notícia de que mais um assalto à mão armada acontecera na cidade durante o dia de hoje. Dessa vez numa conhecida padaria que eu estou acostumado a frequentar. Não soube de mais detalhes, nem procurei saber. Apenas soube que rolou tiro. E fiquei a pensar sobre isso...


Trabalho no comércio e a cada dia que nasce eu preciso torcer para que "hoje não seja a minha vez!!!". E se/quando chegar esse dia, como será? Imaginei algumas situações... Como eu tentando fazer um jogo psicológico barato e ganhar algum tempo enquanto raciocino, esperando uma brecha pra uma possível reação... talvez enfiar uma faca que tenha à mão na costela direita do assaltante fazendo-o sangrar enquanto com a outra mão dominaria o braço que apontasse a arma pra mim, tudo muito rápido. Não poderia haver erros. E, se caso eu o matasse... então.. como seria depois? Passaria eu a ser o criminoso? Pior do que um assaltante, um ASSASSINO! Ou seria fácil a alegação de ter agido em defesa própria? E se eu pudesse esconder o fato e levar o corpo do assaltante de madrugada para um lugar remoto e atirá-lo em algum canto..??? O que valeria mais à pena? Não sei. As leis parecem beneficiar quem não presta. Seria eu preso? Condenado? Ou absolvido, mas para isso tendo que gastar uma fortuna com um bom advogado...? Seria então mais vantajoso do ponto de vista econômico entregar logo o que tiver de dinheiro em caixa pro bandido. Ladrão por ladrão, ele deve precisar mais do que o advogado, certo? ** Desculpe-me os advogados... ao menos vocês são inteligentes em sua maioria. De qualquer forma, seria um desses "piscar de olhos" que mudam tudo..



Vou tentar dormir em seguida, acordar cedo para mais um dia de trabalho e mais um dia de dedos cruzados e torcida ...


"que hoje não seja a minha vez!!!"

Abraços... RR

sábado, 24 de setembro de 2016

Raridade...

Você que pensa nessas coisas de romance
E que imagina sonhos encantados acontecendo
Você que ainda tem olhos inocentes para o mundo
Você que espera pelas flores prometidas no ano passado

Você que aguarda ansiosamente pelo pôr do sol
E que contempla a lua que tantos outros dispensam
E que está agora mergulhada num livro de poesias
Enquanto ouve sua música favorita 

Você é raridade ...
Vocês às vezes parece de outro mundo
Tamanha simplicidade...

Então minha presença te agrada
e o tempo palhaço toma conta do teu sorriso
que ilumina nosso universo colorido
Sou seu refúgio e você é meu abrigo 


Desvendo teus segredos mais profundos
De forma tão peculiar que você não acredita
Faço truques que te fazem querer se perder
Enquanto minha língua conhece o céu da sua boca

Carinhos sem controle e poetas bêbados
Agrados aguçados em teus pontos mais fracos
Vença a vontade de me prender e me terá por muito tempo
Simples como a luz do sol e a força do vento

Você é raridade
Você às vezes parece de outro mundo
Tamanha simplicidade... RR

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Enredo de Insônia...

Quando acordei, de conta me dei, 
que estava sem mim
não sei porque é assim
um inicio sem fim
nada além de ninguém
Pra me fazer sorrir por aqui

O lado errado do jogo certo
ninguém ouviu meu protesto
quando eu imaginei
que um dia protestei

Que precisava de ti
cuidando de mim
De um jeitinho assim
que não tivesse fim
Nem houvesse outro alguém
Que te fizesse sair daqui

Numa altura tão baixa
me atirei de cabeça
O perigo passou
O sol se escondeu
E você não respondeu

Se gostaria de um beijo a mais
Reservas embaixo dos lençóis
Estamos aqui a sós
E eu não te reconheço no espelho

Noite passou e eu não dormi
Sigo em claro no escuro do quarto
lembrando daquilo tudo que você falou
que nosso tempo passou
e que seria melhor seguir em frente sem medo
Mas não vivo sem tê-lo

Venha me salvar de outro dia de tédio
Me tire desse prédio e me leve para praia
Não há nada dentro que não saia
e eu espero que isso passe
depois do fim desse impasse
que não nos deixa ver 
O quanto vale à pena amar
Mesmo sabendo que mais cedo ou mais tarde
A viagem termina
E a gente só quer que tenha valido à pena

E como se fosse luz na minha mente
posso voltar a dormir, finalmente.. RR

domingo, 14 de agosto de 2016

Nova York...

Eu quero fugir e acordar sob as luzes fortes da cidade 
Eu quero passear sozinho pelos bueiros de Nova York 
Eu quero sentir o perigo das noites de frio por lá

Quero estar sem saber como será meu amanhã
e nem mesmo saber ao certo se ele haverá
Quero partir daqui e sentir o vento varrer minhas lembranças
Agora eu quero viver de fato ao invés de apenas existir

Seguir o instinto da minha indecisão
Não te quero guiando meus passos novamente
Deixe sua fé e sua falsa moral longe de mim
Eu não vou estragar tudo outra vez

Eu quero dormir às 5 horas da manhã sem sorte nem piedade
Eu quero jogar cartas pelos bares pobres de Nova York
Eu quero testar o gosto dos lábios estrangeiros por lá

Quero encontrar o sol no céu nublado de manhã
E mesmo se não querer saber ao certo se ele voltará
Quero sumir daqui e apagar assim minhas lembranças
Agora eu quero saber de fato o que poderá me fazer sorrir

E se eu perder tudo, que assim seja
Não vou estar aqui pra lamentar meus passos novamente
Levarei minha vida sem efeito moral longe de ti
Mesmo que eu venha a estragar tudo outra vez 

Você nunca vai saber... RR

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Gostos e desgostos...

Gosto da noite
gosto dos sons
Gosto do silêncio também
Não gosto de chá verde
Não gosto de dias ventosos
Simpatizo com os chuvosos

Não gosto quando cai o sistema
Gosto da chama da vela acesa
Gosto de jogos e apostas
Gosto de estradas e prostitutas
Gosto da solidão e gosto da multidão
Não gosto de tabela periódica
Mas gosto de cálculos

Gosto da sopa quente da minha mãe
Não gosto do som do relógio na madrugada
Não gosto de relacionamentos sérios
Gosto do acaso, do destino, de libido
Gosto do brilho do olhar cego de amor
Gosto do mar e gosto do amanhecer,
Gosto daquilo que realmente é
Não gosto daquilo que só parece ser

Gosto do rock n roll e da cerveja gelada
Mas também estou aprendendo a dançar outras músicas
Gosto de tentar ler a sua mente
E rir da sua surpresa ao ver como eu me saio bem

Gosto de lembrar dela, de como era linda
Gosto de presenciar aquela outra, e como é intensa
Gosto de imaginar uma terceira, nua no espelho
Gosto mesmo é de variar...

Gosto de quem eu sou
E das coisas que escrevo aqui
E de quem não fui, 
Não gosto das vezes que já menti
Que já matei, já traí e não assumi
Não gosto do cheiro de hospitais
Nem de dramas de pessoas ciumentas demais

Gosto das suas fotos sem roupas
Gosto dos impulsos e daquilo que é improvável
Gosto do que é diferente
Gosto do descontrole total

Gosto de vagar por aí
Sem ter lugar certo pra ir
Gosto de ter pra onde voltar
Quando o sol ressurgir
E eu me perguntar onde estou
o que eu fiz e quem eu sou

Abrir os olhos e ver você comigo ali
E poder sorrir e perguntar, enfim..

Do que será que você gosta em mim? RR

terça-feira, 19 de julho de 2016

Esquina dos Delírios...

Ela vem flutuando sob as nuvens
brincando de querer falar sobre todos os assuntos
Ela chove, e me chama pra mais perto
Vulcões gritam
Sensações evocadas de um lado obscuro e encantador
Apreciamos a força negra de uma má conduta

Viagem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Pode ser uma simples overdose
Calma, ainda não cheguei lá
Me espere na esquina dos delírios
Quero provar outra vez pra ver se gosto

Respira ofegante enquanto molha o pulso
Batimento cardíaco no ritmo de um orgasmo
Calma, eu estou quase lá
Teste minha força enquanto me olha com a boca
E me devora com os olhos famintos de mais

Viagem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Movimento psicodélico de sensações misturadas
Sinto sede e quero um pouco mais de fogo ardente
É só misturar e tentar resistir o menos possível
Evite usar a língua pra poder sentir melhor

Eu não quero outra vida
Eu não quero outra chance
Eu não vou te fazer feliz

Não sou sofisticado, nem possuo delicadeza
Fui contemplado com uma falsa esperteza
E sempre acabo explodindo a dinamite
na hora em que deveria deixar a poeira baixar

Seus cacos estão voando por aí
E eu apenas seguirei outro rumo... RR

sábado, 2 de julho de 2016

Trunfos num Armário de Ferro...

Achado um corpo pela metade no meio do lixo
Você tem esgotado minhas energias ultimamente
Grau de superior não faz de você realmente superior
Eu estou ficando um pouco sem paciência

Sabe exatamente porque eu estou aqui, não é?

Olhos nos olhos e calma nas minhas frases
que aquecem meu sangue enquanto eu esboço um sorriso
Não preciso da sua permissão para saber o que penso

Você pode acabar fazendo que eu realmente saia daqui
Eu compro a sua prepotência!
Pegue a grana, filho da puta!

Idiotas fazendo contas na minha frente
Lamentando por fora e rindo por dentro 
Coletando conversas fiadas pelas esquinas
Eles vão saber que vou estar fodido e deslocado por um tempo
Novos amigos da cidade antiga também poderão ver
Volte pro seu círculo social mesquinho e tente dormir
Anota no caderno quantas vidas você estragou essa semana
Guarda seus trunfos num armário de ferro
E cabeças de inimigos na parede da sala
Você vai queimar no inferno como todos nós

Você pode acabar fazendo que eu realmente saia daqui
Eu compro a sua prepotência!
Pegue a grana, filho da puta! RR

quarta-feira, 15 de junho de 2016

É Noite de Lua Cheia...


É a lua que sempre te fez sorrir
Era nas noites que você se perdia
Me encontrava e se perdia outra vez

Era quando eu te pegava pela mão
e nada mais importava pra nós dois

Pelos barcos, pelo mato, tudo era mistério
Em loucas madrugadas a dentro
Fizemos travessuras até no cemitério
Parados pela polícia antes do sol

Não tínhamos setas nem destino
rotas num mapa de papel
Que nos levavam literalmente às nuvens
Como aquela imensa de algodão que se desenhou no céu

Cidades desconhecidas
Praias, ondas, sons, luzes
Sabor doce de coisas inéditas
Que até então nenhum de nós havia sentido

Mochila nas costas
Brilho nos olhos
Felicidade no ar
Quando eu te via chegar

No alto do morro
Embaixo da ponte
No salão do sol nascente
Barrados no farol
Lentes de contato
Micro vestido roxo
Tentação irresistível
O desejo no sorriso
Perdidos sem juízo
No aeroporto de Brasília..

Piada da formiga
Fim de semana na casa verde
vermelho das unhas
suspiro prolongado
Férias de verão
Pulso acelerado
Banho de mar noturno sem as roupas
Show de rock 
Um caderno de poemas 
Uma noite com algemas...

Taças de vinho tinto
Escadas de igrejas
Canais de assassinatos
Gemidos no quarto
Em Luzes verdes do "Pharras"
Camas quebradas
Flagra da empregada
Rosa Tattoada
Flores e bilhete
Agrados indecentes...

É você na minha mente
Em toda noite de lua cheia... RR

sábado, 4 de junho de 2016

É o meu diaaaaaaaaaaaaaaa....

Então né... 

Faço daqui minha linha do tempo e venho publicar pra mim mesmo ... (geminiano egocêêêêêêêntrico)... haha

Pois bem, e não é que vou chegando próximo dos trinta???!!!! _**aaaahh RR, é só um número, não liga.. / Não é só um número... é o tempo passando depressa, louco, corrido, quase sem notar... e sei que é pra todo mundo assim... mas eu sou dono de mim e convém que eu pense mais profundamente a respeito...

Tudo tem seus lados né... 

Por um lado.. não sei bem se estou completamente satisfeito com o universo atual em que minha vida andou e está.. tantas coisas ficaram pra trás, no caminho... *** _ claro, mania de não terminar metade das coisas que começa, dá nisso.../ Pode ser por isso mesmo, mas não sei..  Algumas dessas coisas eu não posso mais buscar.. maaaas.. prefiro pensar que tantas outras boas virão.. nem que seja pra eu só beliscar... quem sabe... A real é que penso em tantas coisas ao mesmo tempo, executo tanta coisa que o dia é pouco pra mim com suas 24 horas.. ***_Podia ser mais mesmo../ E acontece que minha mente (e que bom) produz mais do que eu posso realizar... isso é ótimo sim, mas por vezes é tanto que eu me perco..

E quanto à tal da maturidade??? Pois passei anos (principalmente na adolescência - peraê, já sou adulto? ) lutando contra essa história da maturidade. Era algo que me incomodava... *** Ser maduro é ser sem graça, preciso ser impulsivo sempre.../ mas não consegui funcionar assim o tempo todo... às vezes ainda rola, mas a predominância das minhas atitudes atualmente são pensadas e pesadas.. e às vezes que "saio da casa" são excessões, pelo menos ainda existem. Talvez eu possa trocar o termo de "maturidade" por "experiência".. talvez soe menos agressivo pra mim, vai ver é isso.. ***Mas a experiência te faz sábio... / é.. é... uma boa forma de ver...

Mas vamos para os lados bacanas né...  

Tem uma coisa tão legal, mas tão legal... e eu tenho a sorte, benção, luz, privilégio.. *** Privilégio ficou legal.../ é, também, gostei... então, tenho o privilégio de ter.. que são bons amigos.. Amigos que me rodeiam desde os tempos de criança... e outros que surgiram ao longo do tempo... alguns são os irmãos que nunca tive... Alguns deles da minha idade, outros bem mais velhos, inclusive.. já fizeram o papel de irmão mais velho me indicando um caminho melhor ***Vai por aqui... que tu vai bem.../ Mas acima de tudo, todos eles aprenderam a lidar e respeitar minhas teimosias... tem alguns episódios
que neguinho chegou pra mim e disse que eu tava errado e tal, e eu fui duro por vezes e disse: "Deixa eu tá errado mesmo, que é assim que eu quero".. Soa arrogante e suicida, mas muitas vezes agi assim e eles incrivelmente aceitaram, deixando clara suas opiniões, mas respeitando acima de tudo a minha...e assim me ganharam!!!!  Assim como por tantas vezes os ouvi e segui seus conselhos... 
Também pude ajudá-los em várias ocasiões e isso é muito bom, gratificante... 

Tem uma galera legal que se manifestou via face principalmente, e eu li atentamente cada felicitação e agradeci uma por uma.. algumas me tocaram bastante e eu fico realmente muito grato de ler e saber o quão legal essas pessoas me consideram... ***Acho que eu seria teu amigo, se eu não fosse tu, és bem legalzinho até....haha// Sinto realmente uma emoção forte quando as pessoas referem-se à mim como alguém de boas energias e de ser alguém legal de se ter ao lado.. fico muito contente com isso... vejo que não me tornei uma pessoa amarga.. e sim bem doce até kkkkkkkkkkkkkkkkkk **não tô bêbado, juro!!!..// 

***_Ah mas tu não vai falar de amor???// Optei por uma forma de vida na qual me tornei ao mesmo tempo obsceno e discreto... exponho um monte de coisa maluca, principalmente em meio a textos aqui no blog, mas ao mesmo tempo ninguém sabe ao certo por qual rua meu coração gosta de se perder no meio da noite.. e eu mantenho assim... tenha certeza que estou num momento bem legal... e só tenho a agradecer também.. e justamente por ser tão importante, opto por guardar pra mim... acho que assim fica mais protegido dos maus olhos que estão sempre a nos observar.. O mundo é complicado demais no que representa o sentido de a felicidade de alguém incomodar o outro.. então navego feliz nesse mar, e só quem tem a ver com isso, é que me importa que saiba... e eu faço com que saiba, não é necessariamente em publicações no facebook, nem em demonstrações públicas de afeto.. é onde deve ser, entre nós.. 

Tenho uma família que é incrível e eu não seria o que sou, no sentido de alguns valores importantes e caráter, se não fosse por eles... agradeço imensamente e não cabe em mim o tamanho da gratidão e amor que carrego pelos meus pais, tios, avós... principalmente minha mãe e meu pai... que sempre fizeram mais do que o melhor por mim e estão comigo sempre pra o que der e vier... São realmente incríveis!!!!!!!!!!!! 

Planos para o futuro??? Simm.. gosto de olhar pra frente... gosto de olhar pra tudo, na real.. o passado não tem sabor amargo pra mim, tento viver o presente degustando tudo... e gosto de pensar no "ali adiante".. é bom manter as portas visíveis.. e eu tenho umas idéias futurísticas bem interessantes... Não ter objetivos é não viver, não é mesmo? 

Então tento seguir leve, comunicativo, de bem com a vida o máximo possível... Fazendo amigos e conhecendo lugares (embora esse ano não tenha saído muito)... As coisas boas estão aí, é preciso aprender a vê-las, tocá-las, aproveitá-las.. tento fazer isso... 

Tento driblar meus momentos de chatice e dúvidas, que também tenho, às vezes com uma frequência maior.. às vezes não.. nem sempre sou um pote de doçura.. mas tento restringir meus lados amargos ao máximo, pra que eles não façam de mim uma versão ruim que eu também sou de fato, mas só naquele momento... guardo meus demônios nas minhas gavetas.. é bom saber que estão lá, fazem de mim um ser humano com defeitos, assim como você, ele, ela, e todos nós... 

Agradeço às pessoas que acompanham de forma fiel esse blog... faço dele acima de tudo minha terapia pessoa... como se eu deitasse num sofá e vivesse tudo que minha mente é capaz de produzir... acho incrível quando vocês viajam nisso comigo e cada curtida, cada comentário, cada abordagem na rua dizendo: "que foda aquele texto, cara, tu é bom!" ... cada detalhe de vocês são um impulso forte pra que eu continue... podem ter certeza.. cada um que gosta de ler as publicações cotidianas tem uma importância muito legal pra mim... eu fico feliz da vida... Eu sei que já disse que escrevo pra mim, e é verdade... esse blog surgiu com o objetivo de ser minha nostalgia, uma vez que já perdi tanta coisa bacana que escrevi em cadernos ou computadores... e assim parece um jeito de ficar pra sempre... pra que eu veja sempre que quiser, que der saudade,.. que der vontade...até depois da minha existência, os textos vão permanecer aqui... e de brinde eu posso compartilhar isso com quem venha a interessar... então eu considero muito valioso.... me divirto muito e, convenhamos, diversão é a essência da vida, né.. tudo vale mais à pena se for divertido... 

Então .. nesse meu dia... é assim que vou indo... deixando todas as boas vibes do mundo.. Seguimosssssss......... RR

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Extinção de Boa Sorte...

Quero explodir essas paredes
com dinamites e granadas
não pretendo passar por aquela porta
quando a casa estiver em chamas

Tá tudo errado
Tudo fora do lugar
E eu não consigo arrumar

Extinção de boa sorte

Meus trevos de quatro folhas se suicidaram
Meu cálculos falharam e minha equação afundou
Dos cacos e restos e sobras e cinzas que sobrou
tiro foto do meu caos pra ver se num futuro acho graça

Não consegui o que eu queria
e agora nem sei mais o que quero
o tempo passa e minha dor de cabeça aumenta
Meus anestésicos perderam seu efeito
E minha raiva cresce como um virus

Vamos para rua
Queremos uma revolução
Vamos para rua...

Notícias de tragédias já não me machucam
me perdi em arranhões e coleciono cicatrizes
não tenho dinheiro, perspectiva nem auto estima
Estou sentado na poltrona observando o tempo passar
Estado psicótico e anímico toma conta de mim

Colapso nervoso e ataques epiléticos
Rasguei a camisa de força e agora estou agitado
meu corpo treme e minha mente dispara
Com uma semi automática na minha mão

Estou ha três noites sem dormir 
e meu chão é um território bagunçado
Vida após vida, morte após morte
Não tenho mais paciência pra essa falta de sorte

Vamos para rua
Queremos uma revolução
Vamos para rua... RR

terça-feira, 3 de maio de 2016

Fogo...

Inquieto pela manhã
raios no céu
Pessoas são como chuva em feriados
Eu não estou certo 
de que estou no lugar certo

Vez por outra como uma gueixa
Ela hipnotiza com sua dança
E as curvas do seu corpo
Eu não pude resistir
Não tem como resistir

Ontem o dia não estava cinza
Sol no céu
Pessoas eram alegres como crianças em circo
Eu não fiz certo
Não fiz do jeito certo

Meu rosto ficou vermelho
Eu não esperava vê-la tão cedo
Não aqui, não assim
Estou ficando velho
E já não consigo dormir em qualquer lugar

Minhas pernas estão cansando
Suas pernas são tão belas
Quando vou poder senti-las?
Você não sabe o que não é real
Mas você parece ser tão real

Acenda meu fogo essa noite 
Acenda meu fogo essa noite 
Acenda meu fogo essa noite.. 

E não desapareça mais... RR

domingo, 1 de maio de 2016

Vestígios Falsos...

Foi só o que eu pude encontrar
Uma pista no meio da grama
Eu não queria vestígios falsos
Assim eu pude esquecer de épocas
de histórias passadas
de histórias mal contadas

Vista sua melhor roupa 
Vamos andar na lama hoje
É só pra você ver o que eu passei
Não vai sentir o que eu senti
os sonhos passados
os sonhos mal acabados

Perda de tempo... você!!!
Perda de tempo... você!!!
Parecia tão legal... te ter..
Perda de tempo... você!!!

Eu pensei que ia te pegar
Que ilusão a minha
Eu me perdi em vestígios falsos
Eu fiquei sozinho lembrando de épocas
de histórias passadas
de histórias mal contadas

Inferno... gostar de você!!!
Inferno... gostar de você!!!
Parecia tão legal... te ter..
Inferno... gostar de você!!! RR


****Texto número 1 da série "Baú de poesias de RR"
Esse foi originalmente escrito em 13/05/2008

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Viagem ao Céu - (Explícito)

Estava pela primeira vez na Bahia, mais precisamente dentro de um quarto de paredes roxas numa noite quente... 

Ela pergunta: _"o que queres fazer comigo?"
-humm... será que posso fazer o que quiser..?
_Simm... 
_Diga quando estiver pronta..
_Estou..
_Tá calor aqui dentro, né..
_Está sim..
_Tais relaxada?
_Sim..


Ombros leves... Estamos os dois ajoelhados na cama, eu baixo devagar teu vestido enquanto você sente a minha língua correr pelos teus braços.. beijo teu ombro, sentes eu lamber o teu pescoço.. minha mão direita se empolga segurando firme teu seio... te aperto contra mim.. depois te viro de frente..

_ Meu Deus, que delícia!!! - ela diz..

Meu dedo está na tua boca e minha boca está beijando teus peitinhos lindos enlouquecidamente.. Até então estou só de toalha, que você arranca de mim e vê meu pau duro, nesse instante passa a língua entre os lábios enquanto eu te deito na cama... Você tá só de calcinha, eu sigo beijando teus seios. Minha língua vai até tua barriga, meus lábios encontram teus quadris.. Você começa a gemer baixinho. Minha boca está agora no tecido fino da sua calcinha.. Já posso te sentir molhadinha de desejo...

_ Tá molhadinha?
_To sim.. - Ela diz..

Puxo tua calcinha pro lado e minha língua se perde em movimentos fortes e vagarosos nos lábios da tua bucetinha gostosa e quente.. Bem devagar...

_Aí que delícia!!!! - Ouço ela dizer...

Pra cima e pra baixo, prum lado e pro outro.. agora dentro.. Minha língua faz movimentos circulares dentro de ti.. Então levo minha língua direto pra tua boca.. num beijo incrível que faz você provar do próprio gosto delicioso que tem... Meu pau está enlouquecido querendo te invadir, mas você não deixa.. Me deita na cama e vem pra cima de mim.. beija meu peito.. minha barriga e então me chupa com vontade.. primeiro de olhos fechados, depois me olhando nos olhos. Eu já não estou aguentando de tanto tesão e então você senta em mim.. e sente meu pau entrando em ti enquanto te delicias em gemidos.. Bem apertado.. bem quente.
O termômetro marca 28 graus, mas nossos corpos estão a 40. Então você diz no meu ouvido que quer que eu te coma gostoso de quatro.. Você fica, eu meto (dessa vez com força)..

_Ai - 

A gente ouve o som da força com que nos deliciamos um no outro e agora você geme alto. Tá muito bom. 

_Teu gosto é incrível. -eu digo
_uhum.. - (devaneio total)

Seguro forte teus seios enquanto sigo metendo com força. Você está sentindo um prazer descomunal como nunca havia sentido antes. Sinto teu corpo tremer de prazer. Eu já não consigo me segurar, quando você pede que eu a deixe me chupar.. Então entra em êxtase com meu pau inteiro dentro da boca... chupa com intensidade, depois bate pra mim e me encara..

_Quer que eu goze? - eu pergunto.
_Eu quero...
_Então pede, vai..

...

_ Goza pra mim?

Então eu gozo na tua língua gostosa... e você sorri atrevida ... 

Passado um tempo, ela diz: 
_Rapaz, fui no céu e ainda estou lá... 
_Mesmo? Então imagina se um dia isso acontecer... 
_Tomara que aconteça... RR

terça-feira, 26 de abril de 2016

Jogo...

Começou com um oi
Eu dei um sorriso
Você piscou para mim
Ou foi eu que imaginei assim

Eu me comportei muito bem
Queria realmente te conhecer
ser diferente, ser conveniente
E agora tudo saiu do controle

Você não me conhece
Você está fingindo me ignorar
Eu sei jogar esse jogo
Eu posso te ganhar

As coisas pareciam ir bem
Eu te chamei para sair
Você sorriu e aceitou
Eu estava indo num bom ritmo
quando você me beijou
Achei que as coisas esquentariam
Mas você disse para esperar

Eu sei o que você está querendo fazer
Funcionou no começo, mas agora eu posso ver
Você é só uma conquistadora

Deixe ir, eu deixo acontecer
Eu sei o que vai fazer te deixar louca
Eu não querer você

Você não me conhece
Você está fingindo me ignorar
Eu sei jogar esse jogo
Eu posso te ganhar

Não está acostumada 
Ninguém rejeita uma vadia gostosa
Tem o que quer
Tem quando quer

Mas você não me conhece
Me ignore
Jogue o jogo
Eu posso te ganhar

E você pode encontrar outro idiota na próxima rua
Mas é em mim que irá pensar antes de dormir

Eu vou estar bem aqui
Nem aí pra você
Não dessa vez
Não nessa vida...

Até ver você chegar
Eu já te ganhei... RR

domingo, 3 de abril de 2016

Transe de um instante...

Luzes na minha cabeça
Luzes na minha cabeça
Luzes na minha cabeça
Eu quero você longe de mim

Todo o volume diminuído
Não busco por outro sentido
A menos que me faça desaparecer

Trocas permanentes de um estágio infinito
Quero ver o sol nascer agora
Mesmo que seja totalmente fora de hora

Eu realmente estou afim de você
por uma noite inteira, ou antes do escurecer
Corra pra bem longe de mim

Sons indecifráveis relutam em meus ouvidos
Sou levado de volta à um estado anímico
Faça sua festa de convidados estranhos
Eu não serei seu troféu na prateleira

Corte seus braços durante a madrugada
E dance sem parar até cansar de verdade

Eu vou estar preparado
quando essa guerra começar
Eu vou estar acordado
Esperando você chegar

Luzes nos meus olhos
Luzes nos meus olhos
Luzes nos meus olhos
Está vindo rápido demais

Eu não vou conseguir desviar

Seria pedir demais..?
Um tempo para um último pensamento
Um último gole na mesa de um bar
Ou um bate papo com uma desconhecida
Quem sabe uma noite de sexo casual
Ou uma limpeza inútil de consciência

Cadê o filme da minha vida..? 
deveria estar passando na tela da minha cabeça
Enquanto eu ficaria em um longo transe de um instante
Não dei sequer meus suspiros restantes

Nem sei em quem eu pensei
Será que vou nascer de novo
Ou queimar no agito do inferno
Viver no tédio do céu
Ou apenas vagar sem rumo por aí?

Por enquanto apenas o silêncio me responde
Enquanto não me movo, nem enxergo
Sequer sinto um aperto ou qualquer tipo de dor
Será que ainda estou vivo?

Lembranças confusas começam a se apagar lentamente
Não sei qual é mesmo meu nome
nem onde estava hoje pela manhã
Porque está escurecendo de vez
E meu pensamento está se indo...

Se indo...
Se indo...
Se indo...
Se in..
Se...
S...
...
..
.
RR